HISTÓRIA

Bem-vindo à história viva do Desporto Helénico. O Olympiacos FC está longe de ser um clube normal. É uma família, e todos juntos – a administração, a equipa técnica, os atletas e os adeptos – são as pedras basilares da história da construção da mais bem-sucedida e poderosa organização desportiva no país ao longo dos tempos.

Quando se fala de futebol na Grécia, está-se a falar do Olympiacos. E não poderia ser de outra forma, uma vez que o clube conquistou 44 Campeonatos da Liga no total, enquanto os outros clubes ganharam em conjunto até agora 40! Os capitães do nosso clube comemoraram a vitória na Taça da Grécia 27 vezes, enquanto o segundo clube mais bem-sucedido apenas conseguiu esse feito 17 vezes. Durante os últimos quinze anos, o Olympiacos participou 13 vezes na Liga dos Campeões, a maior competição de clubes de futebol do mundo. De acordo com as estatísticas, os adeptos do Olympiacos representam 40% de todos os adeptos gregos, tanto na Grécia como no estrangeiro: por outras palavras, onde quer que um elemento grego esteja presente.

Estes feitos não são coincidência. Os membros da família encarnada e branca trabalham com afinco, em perfeita harmonia. A equipa tem os melhores atletas gregos, ao passo que jogadores internacionais de topo e muitos atletas talentosos têm jogado pelo Olympiacos, contribuindo para a sua história gloriosa. A administração respondeu positivamente a todos os pedidos da equipa técnica, enquanto muitos jogadores talentosos e promissores, que pertencem contratualmente ao Olympiacos, estão atualmente emprestados a outros clubes.

As instalações do clube cumprem todas as normas da UEFA. O estádio Georgios Karaiskakis, com uma capacidade total de 32.115 lugares, é a sede emblemática do Olympiacos. O estádio está sempre lotado e também acolhe eventos de futebol nacionais e internacionais. A seleção nacional grega também joga no estádio Georgios Karaiskakis. Além disso, nos Jogos Olímpicos de 2004 em Atenas, os desafios de futebol mais importantes foram realizados aqui. O centro de treino em Agios Ioannis Rentis oferece tudo o que os futebolistas profissionais necessitam para se concentrarem inteiramente no seu trabalho. Campos de treino, um ginásio totalmente equipado, uma unidade de recuperação e tratamento, uma piscina, restaurantes e salas de convidados de alta qualidade constituem as nossas instalações de topo de gama.

De referir que as nossas instalações também estão disponíveis para os jogadores da formação da Academia do Olympiacos. A administração dá ênfase ao desenvolvimento de jovens jogadores, oferecendo-lhes tudo o que precisam para se concentrarem-se no seu desempenho e serem as futuras estrelas do nosso clube. É também o que os nossos adeptos querem. Eles representam a maioria dos adeptos de futebol gregos e seguem o Olympiacos para todo o lado, na Grécia e no estrangeiro.

Os adeptos, a administração, os jogadores e a equipa técnica também gostariam de dar as boas-vindas aos novos membros da equipa deste ano. Todos juntos, cientes do que significa ser um membro da família encarnada e branca, trabalharemos com empenho ao longo do próximo ano para acrescentar mais páginas douradas à história do Olympiacos.

 

Títulos

O Olympiacos é o clube com mais títulos na Grécia, enquanto a equipa que ocupa o segundo lugar está muito atrás. O Olympiacos ganhou muitas distinções quer na Liga Grega quer na Taça da Grécia. Os títulos conquistados pelo Olympiacos até hoje são os seguintes:

CAMPEONATO DA GRÉCIA (44): 1931, 1933, 1934, 1936, 1937, 1938, 1947, 1948, 1951, 1954, 1955, 1956, 1957, 1958, 1959, 1966, 1967, 1973, 1974, 1975, 1980, 1981, 1982, 1983, 1987, 1997, 1998, 1999, 2000, 2001, 2002, 2003, 2005, 2006, 2007, 2008, 2009, 2011, 2012, 2013, 2014, 2015, 2016, 2017
TAÇA DA GRÉCIA (27): 1947, 1951, 1952, 1953, 1954, 1957, 1958, 1959, 1960, 1961, 1963, 1965, 1968, 1971, 1973, 1975, 1981, 1990, 1992, 1999, 2005, 2006, 2008, 2009, 2012, 2013, 2015
DOBRADINHAS (17): 1947, 1951, 1954, 1957, 1958, 1959, 1973, 1975, 1981, 1999, 2005, 2006, 2008, 2009, 2012, 2013, 2015
SUPERTAÇA (4): 1980, 1987, 1992, 2007
TAÇA DOS BALCÃS (1): 1963

1925-1930

O nome verdadeiramente original foi aprovado por unanimidade pelos sócios do clube, resolvendo o problema que tinha surgido para encontrar um nome consensual. Tinha sido uma inspiração de Notis Kamperos, que queria que o nome do novo clube sugerisse poder, força atlética, etos, rivalidade nobre, domínio e, em última análise, o ideal olímpico.

1931-1944

Em 1933-34, o Olympiacos manteve o seu domínio. A equipa venceu o campeonato derrotando o Iraklis, em casa e fora, tendo o clube mantido a sua supremacia, ao vencer todas as suas partidas internacionais. Em 1934 35, o campeonato começou, mas nunca foi concluído, por um lado devido à organização da 4.ª Taça dos Balcãs e, por outro, devido à agitação política e militar, que obrigou a EPO a interromper o campeonato.

1945-1958

Em 1946-47, o Olympiacos regressou em grande, vencendo a Liga e a Taça e comemorando a primeira dobradinha na sua história. Ao longo dos anos 50, o Olympiacos conquistou 7 Campeonatos e 7 Taças, incluindo 5 dobradinhas.

1959-1967

Entre 1959 e 1963, o Olympiacos venceu a Taça da Grécia 3 vezes consecutivas. No ano seguinte, a Taça foi cancelada devido a incidentes causados pelos adeptos do Olympiacos e do Panathinaikos durante o jogo histórico realizado a 17 de junho de 1964. Em 1965-66 e 1966-67, o Olympiacos sagrou-se novamente campeão grego.

1968-1978

Estes foram anos muito difíceis para a Grécia, pois a Ditadura dos coronéis afetou todos os aspetos da vida grega.

1979-1993

No verão de 1979, o Campeonato passou a ser profissional, enquanto o Olympiacos ficou nas mãos de Stavros Ntaifas.

1994-2009

Em 1993, o Olympiacos foi parar às mãos de Sokratis Kokkalis. Em 1996, Kokkalis contratou Dušan Bajević aos arqui-rivais do AEK. A era de domínio do Olympiacos começou com a contratação de jogadores como Predrag Đorđević e Stelios Giannakopoulos para o já rico plantel da equipa, que incluía nomes como Karapialis, Alexandris, Georgatos, Refik Šabanadžović e outros.

2010 +

Em 2010, o Olympiacos veio parar às mãos de Vaggelis Marinakis, um forte apoiante da equipa e um homem criado de acordo com os ideais do Olympiacos.